Caçador de Street Art

Quer saber por que um vídeo sobre Street Art num blog dedicado à tradução? E porque não?!

As cores, tal como as línguas, são obtidas misturando cromática, mesmo que a simplicidade do preto e branco possa comover, estas misturas, estes mosaicos de cores, permitem-nos aceder a resultados extraordinários, para criar relevo.  Se compararmos isto com as línguas, podemos dizer que são também o resultado de misturas, de viagens.

Assim, muitas palavras francesas são composta a partir do português: autodafé, autoda-fé; case, casa;  pintada, galinha pintada, manchada.  Os ingleses tambem tem palavras compostas à partir do frances tais como: flirt, que vem da expressão “conter fleurette“, namorar, toast que vem do latim tostus que significa torrada. Portanto, é so combinando, compilando, entrelaçando, que as línguas fazem-se e desfazem-se.

Elas são os Mondrian, Wharol, Ernst, Kandinski, e todos os grafiteiros que trabalham nas ruas, enquanto o tradutor é o óleo de linhaça, o secativo de Courtrai, o óleo de terebintina. Ele faz a ligação.

Quem traduze, liga !

Deixe uma resposta

seven − 2 =