Covid 19 vs novas tecnologias

Vivemos actualmente num período sem precedentes, estranho e provocador de ansiedade. Este vírus, invisível, virou as nossas vidas de pernas para o ar. Tudo mudou subitamente. O tempo já não tem o mesmo valor e a saúde tem prevalecido sobre o trabalho.

Em quarentena, estamos a lutar para lidar com esta pandemia. Fechados dentro de casa, os nossos computadores tornaram-se os nossos melhores amigos, nós que os tínhamos tantas vezes criticado, nós que tínhamos medo que um dia nos substituíssem, que roubassem o nosso trabalho, agora permitem-nos teletrabalhar, ver os nossos amigos, as nossas famílias, eles acompanham pessoas doentes na sua luta contra a doença, permitem às crianças assistir às suas aulas. Compreendemos quanto eles são úteiss para nós. Permitem-nos manter a ligação com o mundo exterior mesmo que não substitua o calor de um abraço, saber como estão as pessoas que amamos, angariar fundos para ajudar na investigação.

O intercâmbio de conhecimentos, competências e experiências é de primordial importância para vencer a doença. A tradução está no centro deste processo. Foram criados colectivos para ajudar pacientes e profissionais de saúde a facilitar a transmissão de informação. Se a barreira linguística é um obstáculo para muitos de nós, o Covid 19 não se preocupa com a língua e as fronteiras.

É por isso que Intrinsèque permanece mobilizada e solidária, membro da SFT (Sociedade Francesa de Tradutores) e da APT (Associação Portuguesa de Tradutores), permanece disponível para responder às suas perguntas e ajudá-lo nos seus passos.

https://www.sft.fr/

https://www.apt.pt/

 

Deixe uma resposta

five × five =